Growth Hacking: O que é, cursos e como aplicar?

Growth Hacking é um novo conceito de marketing que visa ajudar no crescimento da empresa. Com essa dinâmica, a ideia é criar um código para o crescimento da empresa. É como se houvesse uma formula lógica da expansão dos negócios, que pudesse ser decifrado e replicado para fazer negócios crescerem mais rapidamente.

Como funciona o Growth Hacking?

Em uma tradução literal, Growth Hacking seria “hackeando o crescimento”. Esse conceito consiste em um conjunto de técnicas de marketing digital que visam em otimizar o aumento de exposição e vendas dos produtos.

Usar as técnicas e plataformas de marketing já conhecidas fazem parte do uso do Growth Hacker. Social media, marketing viral, plataformas de buscas e outras plataformas on-line que ainda estão em crescimento, sempre em busca de inovação no processo para melhrar os resultados em relação a métodos antigos e disseminados.

Growth Hacking - Técnica para Crescimento dos negócios

Growth Hacking – Técnica para Crescimento dos negócios

Quem pode usar?

Qualquer negócio que estiver online pode aproveitar essa técnica de marketing para melhorar os resultados de seus negócios.

Growth Hacking envolve marketing, viralidade, testes, vendas e resultados em um loop permanente.

Alguns dos exemplos mais recentes que mostram a força dos resultados desta técnica são empresas com a Airbnb, Dropbox e Pinterest.

Onde estudar sobre Growth Hacking?

Este conteúdo ainda é relativamente novo no Brasil. Alguns profissionais já estão ensinados as técnicas. Separamos links abaixo de cursos totalmente on-line em que você irá conhecer as ferramentas e técnicas que brasileiros de todos os cantos estão usando para aplicar “Growth Hacking” em seus negócios.

Por ser técnicas aplicadas principalmente no mercado de startups nos Estados Unidos, os cursos tem sua principal chamada para “Startup”. Mas, todas as técnicas podem e devem ser aplicadas em qualquer negócios que entre no mundo digital.

  • Startup Dicas: Técnicas de vendas digitais em escala para startups e empresas de software

5 Ferramentas para aplicar

Com as 5 ferramentas abaixo você já pode trabalhar e otimizar resultados de acordo com o conceito do Growth Hacking.

1. SEO (Search Engine Optimization)

Otimizar o site do seu negócio para ser melhor encontrado nas buscas é o básico (essencial). Ser encontrado nas buscas, principalmente no Google, é uma das principais ferramentas de growth hacking.

2. Marketing de Conteúdo

Esse conteúdo pode ser novo pra você, mas já é muito aplicado por diversos negócios. A criação de blogs corporativos, para disseminar conteúdos educativos em formato de posts, apostilas, e-books, white papers, infográficos etc. Viralizar os “content marketing” sobre ajuda de sua área de atuação é uma das ferramentas que transforma curiosos e visitantes em possíveis consumidores do seu produto.

Existem empresas já especializadas em produtos conteúdos de qualidade para empresas. Você, por exemplo, pode conhecer a Rock Content e Contentools.

3. E-mail marketing

Você pode até pensar que já essa estrátegia é antiga e você já faz. Mas será que faz da maneira correta? Com o growth hacking, a ideia do email marketing é converter novos consumidores por meio de disparos de e-mails com conteúdos educativos, além de motivar pessoas presentes na sua base de contatos a consumir mais do seu produto.

Para capturar novos e-mails, uma boa ferramenta é a Optimonk. Com ela você poderá criar telas para captura de e-mails e ainda realizar testes a/b, integrar diretamente com a sua ferramenta de disparo.

Para disparo de emails, recomendamos o uso do Mailchimp. A ferramenta é uma das mais usadas no mundo e pode atender a todas as necessidades do seu negócio com um custo baixo.

4. Aquisições virais

Aquisições virais podem ser as melhores para seu negócio. Com elas, você produz um conteúdo que possa ser compartilhada de forma orgânica (sem custos para seu negócio) e aumentará a visibilidade de seu negócio/marca.

Outra estratégia é entregar um determinado conteúdo ou produto para o visitante a sua página, apenas após ele compartilhar nas redes sociais a sua marca. Essa estratégia é bem eficaz e pode ser facilmente aplicada no WordPress com o plugin grátis Social Locker.

5. Aquisições pagas

Estratégias de SEM (Search Engine Marketing), como links patrocinados podem acelerar a exposição de seus produtos e aumentar as vendas.

Existem hoje diversas maneiras de adquirir acessos, via redes de retargeting, Facebook Ads, Google Adwords.

É muito importante você conhecer o público que o seu negócio quer atingir, pois estas plataformas de anúncios você poderá especificar exatamente quem será impactado pelos seus anúncios.

0 pessoas compartilharam esse conteúdo...

Deixe um comentário