O que é bom para memória

Assim como os músculos do nosso corpo necessitam de exercícios para continuarem fortes e resistentes, a memória também é algo que precisar estar em constante atividade.

Caso não exercitar a memória e o raciocínio, o indivíduo, com o passar dos anos, fica mais propenso a ter alguns lapsos de memória, esquecer detalhes pequenos do cotidiano e até mesmo desenvolver transtornos mais graves, tais como o Mal de Alzheimer.

Alimentação para a memória

Determinados alimentos são essenciais para a manutenção da boa memória, do raciocínio e da capacidade de concentração, já que eles possuem substâncias que agem de forma que estimula os neurônios (as famosas células nervosas do cérebro).

Para ter uma memória saudável e sempre ativa, é válido então colocar no cardápio alimentos com características antioxidantes, que estimulam a produção de radicais livres, substâncias que, em falta, podem promover o surgimento de doenças degenerativas, como o Mal de Parkinson e o Mal de Alzheimer.

O zinco, por exemplo, está presente na carne vermelha e é um elemento químico que atua na ação dos neurônios.

→ 10 ótimos alimentos para memória

Além disso, outro elemento químico atuante para o bom funcionamento da memória é o selênio. A falta de selênio pode acarretar até mesmo em alterações de humor. Sendo assim, alimentos que possuem tal elemento químico são os grãos, o alho, as nozes, o abacate, entre outros.

O ferro também possui importância para a memória, visto que ele auxilia a levar oxigênio para várias partes do nosso corpo, inclusive o ferro. Para quem pretende adotar refeições ricas em ferro, vale então consumir alguns alimentos de origem vegetal, tais como o feijão, ervilha, lentilha, entre outros. É importante destacar também que a carne de peixe também é rica em ferro.

Elefantes são animais que possuem ótima mémoria

Elefantes são animais que possuem ótima mémoria

Exercícios para a memória

Além de uma alimentação adequada, uma boa memória requer exercícios. Sendo assim, uma das melhores maneiras para exercitar a atividade cerebral é a leitura. O ato de ler estimula a imaginação e a criatividade, bem como é imprescindível para ter um bom vocabulário.

→ Leitura Dinâmica: Como melhorar, técnicas e leitura mais rápida

Jogos de raciocínio também são maneiras lúdicas e eficientes de exercitar a memória, pois incentivam a conexão de ideias. Nesse caso, palavras cruzadas, xadrez, entre outros jogos, são importantes.

Remédios naturais para memória

A memória também pode contar com a atuação de remédios naturais. Nesse caso, é possível contar com alguns chás que possuem em sua constituição, por exemplo, plantas ricas em ferro e fósforo. Sendo assim, há soluções naturais que levam em sua receita plantas como o alecrim e o açafrão, tais plantas contam com propriedades que auxiliam no fortalecimento da memória.

Além desses, há também o ginseng e o chá-verde, bem como a cúrcuma. Essas plantas são ricas em vitaminas e proteínas que agem sobre a atividade cerebral, estimulando a ação e a produção de neurônios.

0 pessoas compartilharam esse conteúdo...

Deixe um comentário